Publicidade do Site

Dupla é presa por aplicar medicamentos veterinários em humanos

Investigações da Polícia Civil de Barra do Corda, coordenadas pelo delegado regional Renilto Ferreira, levantaram indícios contratrês criminosos responsáveis por falsificar e adulterar produtos destinados a fins terapêuticos medicinais. A quadrilha realizava aplicações clandestinas de medicamentos de uso veterinário em seres humanos. A operação se deu na manhã de sta quinta-feira (7), no cumprimento de mandados de
Redação
08 jun 2018
Compartilhe
WhatsApp WhatsApp WhatsApp
Comente

Além do casal, outro criminoso que também é suspeito de vender produtos de uso bovino e equino se encontra foragido.

Investigações da Polícia Civil de Barra do Corda, coordenadas pelo delegado regional Renilto Ferreira, levantaram indícios contratrês criminosos responsáveis por falsificar e adulterar produtos destinados a fins terapêuticos medicinais. A quadrilha realizava aplicações clandestinas de medicamentos de uso veterinário em seres humanos.

A operação se deu na manhã de sta quinta-feira (7), no cumprimento de mandados de busca e apreensão em residências dos bairros Altamira e Sítio dos Ingleses, onde funcionavam como ‘laboratórios’ e ‘consultórios’ para prestação de serviço ilícita. Na ocasião, foram presos apenas Thiago Reis Sousa e a namorada, Patrícia Luana. O Outro criminoso, identificado apenas como Lázaro, segue foragido.

Segundo informações da polícia civil de Barra do Corda, os suspeitos Thiago e Lázaro já vinham sendo investigados há alguns meses após diversas pessoas darem entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade apresentando sintomas semelhantes como febre, dores no corpo, náuseas, gerando motivo de internação.

Segundo o delegado Renilto Ferreira, a dupla vendia os produtos dizendo tratar-se apenas de suplementos para desenvolvimento muscular, sem informar a procedência. “As medicações injetadas pelos criminosos eram adquiridas em agropecuárias aqui da cidade de Barra do Corda e aplicadas indistintamente nesses clientes, que arriscavam a própria vida e saúde em busca de um corpo definido”, disse o delegado. “Pelo que consta nas investigações até o presente momento, os autores não informavam a essas pessoas quais tipos de medicações lhes estavam sendo aplicado”, completa.

A polícia ainda identificou que Thiago estava atuando também como traficante, sendo responsável pela distribuição de grande parte da cocaína vendida na cidade. No interior da residência onde ocorreram as buscas foram encontradas diversas porções da droga, que já estava armazenada e pronta para ser comercializada.

Também foram apreendidos diversos medicamentos de uso veterinário na casa dos dois investigados, seringas, agulhas e demais materiais que os dois usavam na prática dessas aplicações ilegais.

Thiago foi preso em flagrante junto de sua namorada, identificada como Patrícia Luana, cuja também estaria envolvida nas atividades ilícitas. O outro suspeito, Lázaro, não estava em casa na hora da abordagem policial e não se apresentou à polícia até o momento.

Ambos devem responder pelos crimes de crimes de tráfico de drogas e o delito de Falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais. As investigações seguem no intuito de localizar o foragido.

 

Deixe o seu comentário!

Rádio Mais FM