”Lendas de São Luís” é tema do Sarau Histórico desta sexta-feira

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) promove Sarau Histórico que, nesta sexta-feira (17). O evento, que traz como tema ‘Lendas de São Luís’, é gratuito e começará às 19h, na Praça Benedito Leite. O Sarau Histórico integra o programa Reviva e tem a proposta de fortalecer a cultura ludovicense para os moradores
Redação
16 nov 2017
Compartilhe
WhatsApp WhatsApp WhatsApp
Comente

O evento, que traz como tema ”Lendas de São Luís”, é gratuito e começará às 19h, na Praça Benedito Leite.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) promove Sarau Histórico que, nesta sexta-feira (17). O evento, que traz como tema ‘Lendas de São Luís’, é gratuito e começará às 19h, na Praça Benedito Leite.

O Sarau Histórico integra o programa Reviva e tem a proposta de fortalecer a cultura ludovicense para os moradores da capital e para os turistas. A titular da Setur, Socorro Araújo, destacou que incentivar a cultura local significa atrair olhares de moradores de outras regiões. “A capital maranhense já causa encanto em todos devido às suas belezas naturais e acervo arquitetônico rico. Se a gente puder trazer a nossa história como mais um atrativo, é um ganho imensurável para a cidade”, explica a gestora.

Em meio a poesias e músicas temáticas, o Sarau trará à tona as principais lendas da cidade interpretadas pela companhia Tramando Teatro, que pensa em uma linguagem lúdica para retratar a São Luís do passado.

Uma das mais conhecidas é a de Ana Jansen. A personagem teve a sua história modificada quando pesquisadores entenderam que, na verdade, a “Rainha do Maranhão” atraiu maus olhares por não aceitar os padrões da sociedade da época – quando as mulheres não podiam assumir funções de alta representatividade, fazendo com que histórias de cunho negativo fossem criadas a respeito delas.

Outra lenda bastante famosa é a da Manguda, que trouxe pavor e sobressalto às crianças e a considerável parte da população adulta de São Luís no século XIX. Deu origem à lenda a farsa idealizada e mandada executar por comerciantes envolvidos no contrabando de mercadorias – principalmente tecidos europeus – introduzidas no comércio local sem o pagamento dos tributos devidos. Eles começaram a disseminar a história de que uma figura fantasmagórica estava passeando pela cidade durante a noite, para facilitar o contrabando. Ela foi batizada de Manguda, em virtude de trajar chambre alvo, de mangas muito largas e compridas. O rosto estava sempre coberto por uma máscara, e da cabeça nascia uma nuvem de fumaça.

REVIVA

O Sarau Histórico faz parte do programa Reviva, que abrange ainda o Passeio Serenata e o Roteiro Reggae. Com programação fixa na cidade, as próximas edições do Passeio Serenata ocorrerão no dia 22 de novembro e 13 de dezembro, e o Sarau Histórico movimentará o Centro nesta sexta-feira, 17, e no dia 20 de dezembro, encerrando a programação deste ano do Reviva.

 

Deixe o seu comentário!

Rádio Mais FM