Levantamento aponta alto risco de surto pelo Aedes Aegypti em 14 cidades do Ma

Maranhão está em estado de alerta de acordo com o LIRAa (Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes Aegypti), feito pelo Ministério da Saúde, referente aos risco de Dengue, Zika e Chikungunya. Dos 217 municípios, 216 fizeram o levantamento e 14 estão em risco alto de surto, 93 estão em alerta, inclusive a capital, São
Redação
30 nov 2017
Compartilhe
WhatsApp WhatsApp WhatsApp
Comente

Ações de combate às doenças deve ser intensificadas (Foto: Reprodução/Semus)

Maranhão está em estado de alerta de acordo com o LIRAa (Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes Aegypti), feito pelo Ministério da Saúde, referente aos risco de Dengue, Zika e Chikungunya. Dos 217 municípios, 216 fizeram o levantamento e 14 estão em risco alto de surto, 93 estão em alerta, inclusive a capital, São Luís, e 109 estão em condição satisfatória. Os nomes das cidades não constam no relatório.

No país, 357 municípios foram classificados como estado de risco, 1.139 estão em alerta e 2.450 estão em situação satisfatória. O levantamento, é importante para a definição de estratégias no combate às doenças, que podem levar até a morte.

O levantamento revelou o quanto as pessoas pecam pela desatenção quanto à prevenção contra o mosquito causador das doenças. No país, foram encontrados mais de 65 mil focos do Aedes Aegypti, entre caixas d’água, cisternas, pneus e garrafas. Muitos desses em residências.

A divulgação do LIRAa veio acompanhada de uma campanha educativa com depoimentos de pessoas vítimas de alguma forma das doenças, entre elas uma mãe que foi atingida pelo Zica durante a gestação e sua filha nasceu com microcefalia.

Foi anunciado ainda pelo Ministério da Saúde um investimento na ordem de R$ 18 milhões para campanhas em rádio, televisão e internet.

 

Deixe o seu comentário!

Rádio Mais FM