Maranhão cai para último em ranking de qualidade de vida entre 2005 e 2015

Em levantamento realizado pela consultoria Macroplan, divulgado pelo portal EXAME.com nesta quinta-feira (14), mostra o ranking dos estados com a melhor qualidade de vida do país. O Índice dos Desafios da Gestão Estadual (IDGE), desenvolvido pela consultoria, avalia a situação de todas as unidades da federação em 28 indicadores agrupados em nove áreas. O ranking vai
Redação
15 set 2017
Compartilhe
WhatsApp WhatsApp WhatsApp
Comente

Maranhão cai 21 posições no ranking de qualidade de vida entre estados brasileiros

Em levantamento realizado pela consultoria Macroplan, divulgado pelo portal EXAME.com nesta quinta-feira (14), mostra o ranking dos estados com a melhor qualidade de vida do país.

O Índice dos Desafios da Gestão Estadual (IDGE), desenvolvido pela consultoria, avalia a situação de todas as unidades da federação em 28 indicadores agrupados em nove áreas. O ranking vai de 0 a 1 – quanto mais próximo de zero, pior é a condição de vida no local.

Em dez anos (2005-2015), todos os estados brasileiros avançaram no índice. Mas, só entre 2014 e 2015, dez unidades da federação perderam posições no ranking — marcando o principal retrocesso da década.

“Esse resultado é reflexo do ambiente político conturbado e da desaceleração da economia que se agravou a partir de 2014 e resultou na queda do PIB e no expressivo crescimento da taxa de desemprego”, diz Gustavo Morelli, diretor da Macroplan.

Pior desempenho

Em todo o país, o último colocado no ranking é o Maranhão, que contabilizou 0,432 pontos. Se considerados os 28 indicadores, o estado vai muito mal em igualdade social. Em dez anos, a desigualdade de renda perdeu 21 posições, caindo do 5ª lugar em 2005 para 26ª em 2015. Vale lembrar que nestes 10 anos, seis foram de governo da ex-governadora Roseana Sarney.

A pesquisa mostra a variação em relação ao desempenho do índice que avalia a situação dos estados brasileiros quanto a qualidade de vida, no período de 10 anos (2005 – 2015).

Deixe o seu comentário!

Rádio Mais FM