Publicidade do Site

Senarc apreende 280kg de maconha avaliada em R$ 500 mil em Raposa

Como resultado de uma semana de levantamentos feitos pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), aproximadamente 280kg de maconha prensada foram apreendidos no município metropolitano de Raposa, na madrugada desta terça-feira (15). Os tabletes foram estimados em R$ 500 mil, segundo a Polícia Civil. Um homem, que pesava a droga, foi preso em flagrante.
Redação
16 maio 2018
Compartilhe
WhatsApp WhatsApp WhatsApp
Comente

“Cidinho” disse que não tem vínculo com nenhuma facção criminosa. (Foto: Gilson Ferreira)

Como resultado de uma semana de levantamentos feitos pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), aproximadamente 280kg de maconha prensada foram apreendidos no município metropolitano de Raposa, na madrugada desta terça-feira (15). Os tabletes foram estimados em R$ 500 mil, segundo a Polícia Civil. Um homem, que pesava a droga, foi preso em flagrante.

Em uma entrevista coletiva ocorrida no turno vespertino, o delegado Valdenor Viegas, da Senarc, narrou que há uma semana esta equipe soube que um grande carregamento de maconha iria chegar ao município de Raposa, sendo que, durante a investigação, os policiais civis vincularam Clemilton Silva Lima, de 46 anos, o “Cidinho”, à droga. Assim sendo, os experientes investigadores adentraram em um sítio localizado às margens da Estrada da Raposa, que era alugado pelo suspeito.

Lá dentro, pontuou Viegas, as equipes flagraram “Cidinho” pesando os tabletes em uma balança de precisão. Aos policiais, ele respondeu que buscou pessoalmente as barras no Estado de Goiás, sendo que os “tijolos” seriam distribuídos na capital maranhense, em pontos distintos. O delegado Carlos Alessandro, titular da Senarc, complementou dizendo que Clemilton foi preso quatro vezes, nos anos de 2004, 2010, 2011 e 2018, por tráfico de entorpecentes e porte ilegal de arma de fogo.

O criminoso já cumpriu pena de 12 anos aqui em São Luís e também de 5 anos em Goiás. “Cidinho” foi apresentado na sede da Senarc na tarde desta terça-feira, assim como os 280kg de maconha que ele armazenava no sítio.

 

 

Deixe o seu comentário!

Rádio Mais FM