Publicidade do Site
Publicidade do Site

Um mês após promessa, Samu de Paço continua com os mesmos problemas

Após um mês da promessa da Prefeitura de Paço do Lumiar em resolver os problemas estruturais no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o que pode ser no mesmo local nesta quarta-feira (6) é que tudo piorou. Os cilindros de oxigênio, macas e o lixo infectante continuam espalhados pelos cantos da unidade. De acordo
Redação
07 jun 2018
Compartilhe
WhatsApp WhatsApp WhatsApp
Comente

Até a tarde desta quarta-feira (6), as duas ambulâncias que deveriam atender Paço do Lumiar não estavam em condições de uso (Foto: Reprodução)

Após um mês da promessa da Prefeitura de Paço do Lumiar em resolver os problemas estruturais no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o que pode ser no mesmo local nesta quarta-feira (6) é que tudo piorou. Os cilindros de oxigênio, macas e o lixo infectante continuam espalhados pelos cantos da unidade.

De acordo com o Ministério da Saúde, a média de ambulâncias tem que ser de uma pra cada 50 mil habitantes. Paço do lumiar tem quase 120 mil habitantes e deveria ter, no mínimo, duas ambulâncias para atender a população. As duas ambulâncias até existem, mas não funcionam. A única que fazia atendimento no mês passado deixou de rodar.

“A única que tinha… nem essa a gente não tem visto mais. Aí se acontecer alguma coisa, um paciente precisar de uma ambulância, como é que ele vai ser atendido?”, afirmou um trabalhador que não quis se identificar.

 

Deixe o seu comentário!

Rádio Mais FM